BAIRROS

Qual seu Bairro? Estado: Cidade:

CONHEÇA O GOOGLE SUÍTE - GSUITE, UM NOVO MUNDO PARA SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI!

Jaragua Do Sul Da Largada A Mais Uma Edicao Do Femusc - - Cidade - Estado


Fonte: http://horadesantacatarina.clicrbs.com.br/sc/entretenimento/noticia/2018/01/jaragua-do-sul-da-largada-a-mais-uma-edicao-do-femusc-10117869.html


Voltar

Versão mobileclicrbs.com.brPular para o conteúdoPular para o menu Hora de Santa CatarinaHora de SCNSC TotalPromoçõesEntretenimentoProjeto Verão SaudávelFotosHoróscopo NotíciasEsportesFotosNotíciasAvaíFigueirenseTabela do CatarinenseTabela da LibertadoresGeralFotosNotíciasSeu problema é nossoEspaço do TrabalhadorTrânsito 24 HorasPolíciaNotíciasClassificadosVagas de emprego ClassiHoraÚltimas notíciasEspaço do TrabalhadorColunistasEdsoulLaine ValgasLeandro PuchakskiMário MottaRodrigo FaracoIvens AbreuVinícius BelloEntretenimentoHora de Santa CatarinaEntretenimentoProjeto Verão SaudávelFotosHoróscopo NotíciasNotícias  Portal Jaraguá 13/01/2018 | 13h02Atualizada em 13/01/2018 | 13h02Jaraguá do Sul dá largada a mais uma edição do FemuscFestival-escola que começa neste domingo e vai até 27 de janeiro transforma, ano a ano, a identidade da cidade Compartilhar E-mailGoogle PlusTwitterFacebook Com 200 apresentações gratuitas pela cidade, o Femusc democratiza o acesso à música clássica Foto: Cleber Gomes / Agencia RBSCláudia [email protected] que faz um colombiano de 20 a 30 anos comprar passagens e, com o dinheiro do próprio bolso, vir a Jaraguá do Sul em janeiro? — questionava o diretor executivo Fenísio Pires Jr. em uma sala da Sociedade Cultura Artística (Scar) na última quarta-feira.A pergunta não esperava uma resposta que ele já não conhecesse. Atual diretor executivo do Festival de Música de Santa Catarina (Femusc), ele assiste há 13 anos ao que motiva não apenas um, mas, em 2018, 47 colombianos a passarem duas semanas do primeiro mês do ano no Brasil, em uma cidade que não apresenta chamariz turístico como outros destinos de verão da América do Sul.Mesmo assim, é em Jaraguá do Sul que chega também uma comitiva de argentinos, assim como da Austrália, da China, da Espanha e dos Estados Unidos, reunindo 380 pessoas de 20 países, além de outros Estados do Brasil, depois de passarem por uma seletiva rigorosa entre mais de mil pessoas para estarem no Norte de Santa Catarina nesta época do ano. Selecionados, eles se tornam alunos do festival-escola que começa neste domingo e é considerado o mais importante da América Latina na área de música erudita.Ganhos para a rede hoteleiraComo resultado, têm a chance de fazer aulas com professores de grandes universidades de música e tocar lado a lado com músicos de orquestras internacionais. Enquanto vivenciam estas experiências durante duas semanas, provocam naturalmente uma movimentação que mexe com a cidade de 170 mil habitantes. Situada a cerca de 55 quilômetros do litoral, com sua economia focada na indústria, Jaraguá é o tipo de cidade que “fica vazia” no verão, a ponto de os hotéis escolherem janeiro para as férias de seus funcionários.– Os hotéis podiam fechar nessa época do ano, porque a ocupação é muito baixa. Nosso turismo é de negócios, não de lazer – afirma a coordenadora do núcleo de hospitalidade da Associação Empresarial de Jaraguá do Sul (Acijs), Cintia Buzian.Ela avalia que, neste período, a ocupação dos hotéis seja incrementada em 20%. Não são, em sua maioria, os alunos do Femusc os hóspedes que aparecem nestes números. O evento oferece alojamento dentro do campus da Católica de Santa Catarina, transformando o local em uma espécie de albergue da juventude, o que torna a participação mais acessível. O incremento deve-se aos professores e profissionais contratados pelo festival e pelos turistas que ele atrai.— Há pessoas que todos os anos dedicam duas semanas de suas férias para viajarem a Jaraguá por causa do Femusc, pelo amor que têm à música clássica — conta Fenísio.Giovana viu no Femusc uma oportunidade e abriu estande para vender chocolates artesanaisFoto: Cleber Gomes / Agencia RBSMudança, aos poucos, no perfil econômico da cidadeCom um perfil tipicamente industrial, Jaraguá do Sul ainda começa a evoluir na preparação para atender ao turista e explorar a atividade ao fazer investimentos que atraiam o público para o comércio e os restaurantes. Por não ter o turismo como elemento econômico forte, não é comum, por exemplo, encontrar suvenir da cidade no comércio local.Giovana e Valdir Hornburg perceberam isso e souberam aproveitar o momento para elevar as vendas. Há dez anos, eles montam um estande dentro do Centro Cultural da Scar para venda de chocolates artesanais. Com a experiência dos primeiros anos, entenderam a demanda e começaram a produzir chocolates temáticos, com instrumentos e notas musicais. Também compraram uma impressora para estampar camisetas e canecas personalizadas, que viram lembranças do Femusc para os alunos que vêm de fora. Neste período, as vendas sobem até 15%.– No dia seguinte ao concerto, já estamos fazendo produtos com imagens da apresentação. O participante se reconhece na imagem e dificilmente deixa de comprar – conta Valdir.Para o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Jaraguá, Gabriel Seifert, eles foram inovadores ao conseguirem enxergar este nicho ainda no início do evento.– Ainda há poucas opções de produtos temáticos para o Femusc, mas os comerciantes se preparam para ele, p
... ++ Mais

TAGS:

Versão mobileclicrbs.com.brPular para conteúdoPular para menu Hora Santa CatarinaHora SCNSC TotalPromoçõesEntretenimentoProjeto Verão SaudávelFotosHoróscopo NotíciasEsportesFotosNotíciasAvaíFigueirenseTabela CatarinenseTabela LibertadoresGeralFotosNotíciasSeu problema nossoEspaço TrabalhadorTrânsito HorasPolíciaNotíciasClassificadosVagas emprego ClassiHoraÚltimas notíciasEspaço TrabalhadorColunistasEdsoulLaine ValgasLeandro PuchakskiMário MottaRodrigo FaracoIvens AbreuVinícius BelloEntretenimentoHora Santa CatarinaEntretenimentoProjeto Verão SaudávelFotosHoróscopo NotíciasNotícias  Portal Jaraguá 13/01/2018 13h02Atualizada 13/01/2018 13h02Jaraguá largada mais edição FemuscFestival-escola começa neste domingo até janeiro transforma identidade cidade Compartilhar E-mailGoogle PlusTwitterFacebook apresentações gratuitas pela cidade Femusc democratiza acesso música clássica Foto: Cleber Gomes Agencia RBSCláudia [email protected] colombiano anos comprar passagens dinheiro próprio bolso Jaraguá janeiro? questionava diretor executivo Fenísio Pires sala Sociedade Cultura Artística (Scar) última quarta-feira.A pergunta não esperava resposta não conhecesse. Atual diretor executivo Festival Música Santa Catarina (Femusc) assiste anos motiva não apenas 2018 colombianos passarem duas semanas primeiro mês Brasil cidade não apresenta chamariz turístico como outros destinos verão América Sul.Mesmo assim Jaraguá chega também comitiva argentinos assim como Austrália China Espanha Estados Unidos reunindo pessoas