BAIRROS

Qual seu Bairro? Estado: Cidade:

CONHEÇA O GOOGLE SUÍTE - GSUITE, UM NOVO MUNDO PARA SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI!

Crise Migratoria Brasil Vai Enviar Mais Soldados Para A Fronteira Com A Venezuela - - Cidade - Estado


Fonte: https://br.sputniknews.com/brasil/2018021410528623-brasil-mais-tropas-venezuela/


Voltar

Esta página usa cookies para melhorar o funcionamento do site e sua interação com ele. Usando cookies, estamos colhendo e guardando temporariamente alguns dados pessoais. Você pode alterar as configurações de cookies no seu navegador. Mais informações: Política de privacidade Aceitar e fecharSputnik Brasilversões regionaisEntrarCadastrar-seSair00:05 22 Agosto 2018 CapaBrasilMundoRússiaSociedadeEconomiaDefesaAnáliseMultimídiaEuropaAméricasOriente Médio e ÁfricaÁsia e OceaniaCiência e tecnologiaCulturaEsportesMundo insólitoFotosVídeosInfográficosChargesOuvir RádioBuscaCrise migratória: Brasil vai enviar mais soldados para a fronteira com a VenezuelaValter Campanato/ Agência BrasilBrasil18:34 14.02.2018URL curta11152O governo brasileiro vai declarar uma emergência em Roraima, Estado que faz fronteira com a Venezuela, a fim de aumentar o financiamento e as tropas militares e ajudar a controlar o influxo de refugiados venezuelanos no país.A informação foi anunciada nesta quarta-feira pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann, menos de uma semana dele próprio, acompanhado de outros ministros, ter visitado o Estado. © Foto : UNODCMedo e falha do Estado explicam xenofobia contra venezuelanos que fogem da fome em Roraima, diz ativista Milhares de venezuelanos que fogem da crise econômica no país andino atravessaram a fronteira com o Brasil nos últimos meses. O governo local disse que as chegadas venezuelanas representam 10% da população da capital da Roraima, Boa Vista, ou cerca de 40 mil pessoas, sobrecarregando os serviços públicos. De acordo com Jungmann, as Forças Armadas brasileiras duplicarão o número de tropas em Roraima, e criarão ainda um hospital de campanha e um centro de seleção para venezuelanos. Na última segunda-feira, o presidente brasileiro Michel Temer (MDB) viajou para Boa Vista para reuniões com autoridades locais para avaliar a situação. Ele anunciou a formação de um gabinete para o tema e prometeu recursos para Roraima lidar com o assunto. ...RedditBloggerGoogle+PinterestStumbleUponTelegramViber E-mail 152 Mais:Senador de Roraima pede interrupção da migração venezuelana: 'População está aterrorizada'Venezuela perde temporariamente direito de voto na ONUMundo apoiaria um golpe militar na Venezuela, diz senador do partido de TrumpTags:fronteira, política, xenofobia, militares, Exército Brasileiro, Forças Armadas do Brasil, Michel Temer, Raul Jungmann, Boa Vista, Roraima, Brasil, VenezuelaAcompanharNão acompanharPadrões da comunidadeDiscussãoComentar no FacebookComentar na SputnikComentarPublicar comentário Obrigado! O seu comentário será avaliado pelo moderador em conformidade com as Regras Publicar maisTodos os comentáriosMostrar mais comentários (20)Mostrar comentários novos (0)ComentarResponderem resposta a(Mostrar comentárioEsconder comentário) | | Editar | removerGuardar Obrigado! O seu comentário será avaliado pelo moderador em conformidade com as Regras NotíciasÚltimas notíciasMais lidas21/08 23:54Professor avalia mudança de câmbio na Venezuela e prevê próximos passos da crise21/08 22:43Facebook anuncia remoção de 652 contas de conteúdo político ligadas à Rússia e Irã21/08 21:56Forte terremoto atinge a Oceania21/08 21:41Detentos norte-americanos realizam greve para acabar com 'complexo prisional de escravos'21/08 20:39Equipe que investiga caso de Marielle é trocada pelo procurador-geralTodas as notíciasCortando coito: rinoceronte interrompe momento íntimo entre leão e leoaComo não agarrar uma cobra em 34 segundosTenista canadense endoidece fãs se refrescando de biquíni depois de partida (FOTOS)Modelo conduz 'experimento' com centenas de homens em plena praça pública (FOTOS, VÍDEO)Irã apresenta 1º caça completamente produzido no país (FOTOS)Todas as notícias MultimídiaFotosChargesInfográficosConsórcio russo Kalashnikov apresenta seus últimos avanços no fórum militarTanque doce tanque... mas não era lar?Sanções dos EUA para 'Irã se comportar melhor' NotíciasBrasilRússiaMundoEuropaAméricasOriente Médio e ÁfricaÁsia e OceaniaEconomiaSociedadeCiência e tecnologiaCulturaEsportesMundo insólitoDefesaAnáliseMultimídiaFotosVídeosInfográficosChargesRádioProgramasEntrevistasOnde nos ouvirSputnikQuem somosAplicativo móvelTermos de UsoPolítica de privacidadeContato © 2018 Sputnik. Todos os direitos reservados Cadastrar-seEmail:Nome público:Palavra-passe:Confirmar palavra-passe:Por favor, insira o códigoEntrarPolítica de Privacidade Aceito o processamento de meus dados pessoais para criação de conta no site, em conformidade com a Política de privacidade. Cadastrar-se* Todos os campos são obrigatórios Por favor, confirme o seu email para continuar. Foram enviadas in
... ++ Mais

TAGS:

Esta página cookies para melhorar funcionamento site interação ele. Usando cookies estamos colhendo guardando temporariamente alguns dados pessoais. Você pode alterar configurações cookies navegador. Mais informações: Política privacidade Aceitar fecharSputnik Brasilversões regionaisEntrarCadastrar-seSair00:05 Agosto 2018 CapaBrasilMundoRússiaSociedadeEconomiaDefesaAnáliseMultimídiaEuropaAméricasOriente Médio ÁfricaÁsia OceaniaCiência tecnologiaCulturaEsportesMundo insólitoFotosVídeosInfográficosChargesOuvir RádioBuscaCrise migratória: Brasil enviar mais soldados para fronteira VenezuelaValter Campanato/ Agência BrasilBrasil18:34 14.02.2018URL curta11152O governo brasileiro declarar emergência Roraima Estado fronteira Venezuela aumentar financiamento tropas militares ajudar controlar influxo refugiados venezuelanos país.A informação anunciada nesta quarta-feira pelo ministro Defesa Raul Jungmann menos semana dele próprio acompanhado outros ministros visitado Estado. Foto UNODCMedo falha Estado explicam xenofobia contra venezuelanos fogem fome Roraima ativista Milhares venezuelanos fogem crise econômica país andino atravessaram fronteira Brasil últimos meses. governo local disse as chegadas venezuelanas representam população capital Roraima Vista cerca pessoas sobrecarregando serviços públicos. acordo Jungmann as Forças Armadas brasileiras duplicarão número tropas Roraima criarão ainda hospital campanha centro seleção para venezuelanos. última segunda-feira