BAIRROS

Qual seu Bairro? Estado: Cidade:

CONHEÇA O GOOGLE SUÍTE - GSUITE, UM NOVO MUNDO PARA SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI!

Quot O Brasil Infelizmente Esta Em Um Momento Frustrante Quot Diz Emicida - - Cidade - Estado


Fonte: http://dc.clicrbs.com.br/sc/nos/noticia/2018/01/o-brasil-infelizmente-esta-em-um-momento-frustrante-diz-emicida-10117216.html


Voltar

 Assine jáEntrar   busca   MENU Você está em Nósbusca  DestaquesNotícias Notícias Ver destaquesTrânsito 24 HorasDe Ponto a PontoEconomiaPolíticaMundoPolíciaÚltimasCidadeImpasse entre Prefeitura e Polícia Civil dificulta uso do Centreventos Cau Hansen   ÔnibusTrabalhadores do transporte coletivo protestam em Blumenau   EconomiaJ&F negocia novo acordo de leniência   Colunistas Colunistas Ver destaquesCacau MenezesEstela BenettiMoacir PereiraRafael MartiniSérgio da Costa RamosUpiara BoschiViviane BevilacquaPiangers Vozes Vozes Ver destaquesParticipeÚltimasVozesCelso Martins "Um conhecer em movimento" opiniãoÂngela Bastos: Obituário para um índio assassinado Entretenimento Entretenimento Ver destaquesCinemaLivrosMúsicaTVArtesDicas para sairGenteQuadrinhosÚltimasA casa mais vigiada "BBB 18" começa com anúncio de família participando do jogo   Mandaram malVeja os indicados ao Framboesa de Ouro, que premia os piores filmes do ano 2018   Sem rastrosEx-BBB ganha na Justiça pedido para Globo apagar conteúdo sobre ela   Estilo de Vida Estilo de Vida Ver destaquesVerão 2017Bem-estarSaúdeEducaçãoViver SCMosquito nãoAventura SCÚltimasMaisRumo a um curso superiorSisu 2018: inscrições já estão abertas; veja como fazer    GaleriaFOTOS: Veja os imóveis tombados como Patrimônios Culturais de SC   Patrimônios estaduais e nacionaisSC tem 57 imóveis históricos tombados como Patrimônios Culturais do Estado   Esportes Esportes Ver destaquesTabelasÚltimasA todo vaporArtilharia pesada e acirrada marca começo do Catarinense   SeulDelegação sul-coreana viaja ao Norte pela primeira vez em dois anos   OpiniãoPaixão Azurra: Mudança tática deve ser mantida por Claudinei Oliveira   Mais Mais NósEspeciaisDC na sala de aulaDC ClassificadosÚltimas notíciasAssine o DCClube do AssinanteFale ConoscoVídeosRevista VersarSaúde em criseDívida de R$ 508 milhões agrava saúde em SC   VídeoVestígios de uma marcha histórica: a passagem da Coluna Prestes por SC   SozinhasHistórias de mulheres que sofrem violência no campo   DC NAS REDES    Nós CapaNotíciasNós COMENTE!"O Brasil infelizmente está em um momento frustrante", diz Emicida13/01/2018- 07h00min  -  Atualizada em 13/01/2018- 07h00min Sugerir correçãoPorCarol Macáriofacebook twitter plus whatsapp por email PorCarol Macáriocompartilhe:facebook twitter plus whatsapp por email Se antes o rap era apenas música de jovens negros de periferia, com rimas que denunciavam a violência e a desigualdade social, hoje é também um gênero cantado (e adorado) pelos brancos de classe média e celebrado pela mídia. Isso se deve em grande parte a uma geração que deu um passo em direção ao equilíbrio: por que não usar o sistema para desmitificar estereótipos? Leandro Roque de Oliveira, o Emicida, é talvez o principal nome dessa nova cena do hip hop nacional. O músico se apresenta neste domingo em Florianópolis pelo projeto Floripa Tem. O show, marcado para as 17h, tem participação de Rael e será na Av. Beira-Mar Norte, próximo ao trapiche.Aos 32 anos, Emicida acaba de completar uma década de carreira marcada pela quebra de paradigmas: apareceu na TV Globo, criou uma gravadora e uma grife (Laboratório Fantasma, em parceria com o irmão Fioti) cuja coleção de roupas ganhou um desfile no São Paulo Fashion Week 2017, fez parcerias com músicos da MPB, teve uma canção indicada ao Grammy Latino (A Chapa é Quente, em parceria com Real). Nada disso, no entanto, deslumbra o rapper. Nessa entrevista ao Diário Catarinense, o paulistano sustenta um discurso coeso em relação ao que seu nome representa na cena do entretenimento brasileiro. Absteve-se de responder perguntas mais polêmicas enviadas pela reportagem, algumas relacionadas à política, capitalismo e às críticas que recebe. Apesar disso, parece não se abalar com comentários maldosos por ter virado um artista pop.Emicida acredita que o rap pode pertencer ao panteão da cultura do Brasil como qualquer outro gênero e faz uma provocação ao ser questionado sobre o tom mais pacífico do rap na contemporaneidade: “essa função social, que cobram dos artistas periféricos na música rap, não deveria ser uma obrigação de toda a sociedade?” Te chamam de “uma das maiores revelações do hip hop do Brasil dos últimos tempos.” É uma responsabilidade. Como o Leandro Roque de Oliveira enxerga o Emicida? Não tenho o hábito de dividir isso. Sei da responsabilidade que é ser ouvido por tanta gente e procuro contribuir com algo positivo. O mundo já tem muito caminho ruim e acessível, ter a oportunidade de oferecer um copo de água limpa é uma honra. Sou um samurai, um ronin, recito um trecho do Hagakure [livro escrito por Yamamoto Tsunetomo, samurai japonês do século 17] todos os dias e eu realmente não me divido entre Leandro e Emicida. São coisas indivisíveis, o Emicida não é um personagem inventado para o palco, é o grito mais forte da minha própria personalidade. Os rótulos eu sempre deixei a cargo dos outros. Isso não passa de uma grande distração, tudo isso é efêmero, num ambiente tóxico e oportunista muitas vezes — o maior disso, o rei daquilo, nada disso me emociona. Me interessa ser um ser humano melhor e, no caminho de me tornar esse ser humano melhor, vai saindo música.Foi a musicalidade, a arte ou o disc
... ++ Mais

TAGS:

 Assine jáEntrar   busca   MENU Você está Nósbusca  DestaquesNotícias Notícias Ver destaquesTrânsito HorasDe Ponto PontoEconomiaPolíticaMundoPolíciaÚltimasCidadeImpasse entre Prefeitura Polícia Civil dificulta Centreventos Hansen   ÔnibusTrabalhadores transporte coletivo protestam Blumenau   EconomiaJ&F negocia novo acordo leniência   Colunistas Colunistas Ver destaquesCacau MenezesEstela BenettiMoacir PereiraRafael MartiniSérgio Costa RamosUpiara BoschiViviane BevilacquaPiangers Vozes Vozes Ver destaquesParticipeÚltimasVozesCelso Martins conhecer movimento" opiniãoÂngela Bastos: Obituário para índio assassinado Entretenimento Entretenimento Ver destaquesCinemaLivrosMúsicaTVArtesDicas para sairGenteQuadrinhosÚltimasA casa mais vigiada "BBB começa anúncio família participando jogo   Mandaram malVeja indicados Framboesa Ouro premia piores filmes 2018   Sem rastrosEx-BBB ganha Justiça pedido para Globo apagar conteúdo sobre ela   Estilo Vida Estilo Vida Ver destaquesVerão 2017Bem-estarSaúdeEducaçãoViver SCMosquito nãoAventura SCÚltimasMaisRumo curso superiorSisu 2018: inscrições estão abertas; veja como fazer    GaleriaFOTOS: Veja imóveis tombados como Patrimônios Culturais SC   Patrimônios estaduais nacionaisSC imóveis históricos tombados como Patrimônios Culturais Estado   Esportes Esportes Ver destaquesTabelasÚltimasA todo vaporArtilharia pesada acirrada marca começo Catarinense   SeulDelegação sul-coreana viaja Norte pela primeira dois anos   OpiniãoPaixão Azurra: Mudança tática deve mantida Claudinei Oliveira   Mais Mais NósEspeciaisDC sala aulaDC ClassificadosÚltimas notíciasAssine DCClube AssinanteFale ConoscoVídeosRevista VersarSaúde criseDívida milhões agrava saúde SC