BAIRROS

Qual seu Bairro? Estado: Cidade:

CONHEÇA O GOOGLE SUÍTE - GSUITE, UM NOVO MUNDO PARA SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI!

Tres Empresas Sul Coreanas Acusadas De Violar Sancoes Contra O Norte - - Cidade - Estado


Fonte: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2018/08/10/tres-empresas-sul-coreanas-acusadas-de-violar-sancoes-contra-o-norte.htm


Voltar

Assine 0800 703 3000 / SAC Bate-papo Notícias Esporte Entrete Universa Famosos TV UOL BOL PagSeguro UOL Notícias Últimas Notícias Fotos Vídeos Infográficos Blogs e colunas Ciência e Saúde Economia Página principal Cotações Finanças Pessoais Empreendedorismo Empregos e Carreiras Imposto de Renda Líderes Inter Jornais Política Eleições 2018 UOL Confere Tecnologia Loterias + Canais Carros Educação Vestibular Previsão do Tempo Tabloide Três empresas sul-coreanas acusadas de violar sanções contra o Norte 10/08/201809h26 Seul, 10 Ago 2018 (AFP) - Três empresas sul-coreanas importaram carvão e ferro da Coreia do Norte em uma aparente violação das sanções da ONU contra o regime comunista, anunciaram nesta sexta-feira as autoridades de Seul.Entre abril e outubro de 2017, mais de de 35.000 toneladas de carvão e ferro norte-coreano foram importados para a Coreia do Sul através da Rússia, por um valor de 6,6 bilhões de wons (5,9 milhões de dólares), informou uma fonte da Alfândega do país. Além de infringir as leis sul-coreanas, algumas cargas violaram provavelmente as resoluções aprovadas pelo Conselho de Segurança da ONU para obrigar Pyongyang a renunciar a seus programas militares nucleares e balísticos."Todos os navios suspeitos de violar as sanções da ONU serão imobilizados ou proibidos de entrar nos portos sul-coreanos", indicou a Alfândega.O carvão era transportado para a Rússia, onde sua origem era modificada para "transformá-lo" em russo com documentos falsos.Em seguida, a mercadoria era enviada para a Coreia do Sul, afirma um comunicado divulgado pela Alfândega, após uma investigação de 10 meses.Outra fraude consistia em importar antracito da Coreia do Norte, uma variedade de carvão muito puro, que era transferido ao porto russo de Jolmsk, onde era "maquiado como um tipo de carvão coque que não precisa de documento de origem", antes de ser carregado em navios com destino ao Sul."A Alfândega identificou sete infrações e as autoridades judiciais serão alertadas sobre os casos de três indivíduos e três empresas para pedidos de indiciamento", afirma o texto."É necessário observar o calendário de resoluções da ONU (...) para determinar se estas atividades eram violações", completou.Na semana passada, a ONU publicou um relatório que acusa a Coreia de Norte de violar as sanções ao continuar exportando carvão, ferro e outras mercadorias. Pyongyang continua tirando proveito de suas exportações ilícitas, especialmente de ferro e aço para a China, Índia e outros países, que geraram quase 14 milhões de dólares entre outubro e março. As autoridades também descobriram um tráfico de gusa (produto imediato da redução do minério de ferro), vendido por suspeitos a um comprador sul-coreano por meio de uma empresa fantasma com sede em Hong Kong.Os suspeitos teriam sido pagos em carvão e não dinheiro.No ano passado, o Conselho de Segurança da ONU aprovou uma série de resoluções para proibir as exportações de matérias-primas de Pyongyang e limitar assim a arrecadação do regime em represália a seu programa nuclear.No decorrer do ano, a tensão com a Coreia do Norte registrou uma redução após a reunião de cúpula entre o presidente sul-coreano Moon Jae-in e o líder norte-coreano Kim Jong Un e, sobretudo, após o encontro histórico entre este último e o presidente americano Donald Trump em Singapura. Receba notícias do UOL. É grátis! Facebook Messenger As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger Começar agora Newsletter UOL Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto! Comunicar erro Imprimir Investigação da PF PCC fez depósito a empresa suspeita de pagar propina Refugiados Países da América do Sul impõem restrições para conter venezuelanos Venezuela Moeda perde cinco zeros e passa a se chamar bolívar soberano Gosta de coentro? Ciência explica por que alguns alimentos são intragáveis Informe publicitário Como lidar com um hater Você não precisa aguentar gente chata na internet Você Manda Envie fotos, vídeos e relatos para o WhatsApp do UOL Notícias Você viu? Impopular, Temer vê reuniões com parlamentares caírem 48% Conheça as propostas dos presidenciáveis para as leis trabalhistas 'Santo Graal' do plástico? Cientistas querem descartável que se destrua Drone usa microfones para seguir cachalotes em escuridão profunda Especiais Quem são os jovens que se filiaram após a Lava Jato 'Farra das multas' é mentira: elas não ficarão mais caras Ser 'diferente' era ameaça à segurança nacional Refrigerante remove ferrugem ou gordura? Cientista testou 'Ser mãe escraviza': prostituta defende direito de abortar Mais lidas do dia Pó de macaco: a droga que faz as pessoas pularem de prédios Moeda da Venezuela perde cinco zeros e passa a se chamar bolívar soberano Traficante fez depósitos para empresa suspeita de pagar a políticos Sakamoto: fogo em roupas de refugiados mostra ao mundo país sem governo Jovem escravizada sexualmente pelo EI encontra algoz na Alemanha Comunicar erro Erratas Fale com o UOL Notícias UOL Cursos Online Todos os cursos Enfermagem Seja Referência no Merc
... ++ Mais

TAGS:

Assine 0800 3000 Bate-papo Notícias Esporte Entrete Universa Famosos PagSeguro Notícias Últimas Notícias Fotos Vídeos Infográficos Blogs colunas Ciência Saúde Economia Página principal Cotações Finanças Pessoais Empreendedorismo Empregos Carreiras Imposto Renda Líderes Inter Jornais Política Eleições 2018 Confere Tecnologia Loterias Canais Carros Educação Vestibular Previsão Tempo Tabloide Três empresas sul-coreanas acusadas violar sanções contra Norte 10/08/201809h26 Seul 2018 (AFP) Três empresas sul-coreanas importaram carvão ferro Coreia Norte aparente violação sanções contra regime comunista anunciaram nesta sexta-feira autoridades Seul.Entre abril outubro 2017 mais 35.000 toneladas carvão ferro norte-coreano foram importados para Coreia através Rússia valor bilhões wons milhões dólares) informou fonte Alfândega país. Além infringir leis sul-coreanas algumas cargas violaram provavelmente resoluções aprovadas pelo Conselho Segurança para obrigar Pyongyang renunciar seus programas militares nucleares balísticos."Todos navios suspeitos violar sanções serão imobilizados proibidos entrar portos sul-coreanos" indicou Alfândega.O carvão transportado para Rússia onde origem modificada para "transformá-lo" russo documentos falsos.Em seguida mercadoria enviada para Coreia afirma comunicado divulgado pela Alfândega após investigação meses.Outra fraude consistia importar antracito Coreia Norte variedade carvão muito puro transferido porto russo Jolmsk