BAIRROS

Qual seu Bairro? Estado: Cidade:

CONHEÇA O GOOGLE SUÍTE - GSUITE, UM NOVO MUNDO PARA SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI!

Fundos Regionais De Financiamento Voltam A Incluir Projetos Do Setor Energetico - - Cidade - Estado


Fonte: http://www.jb.com.br/economia/noticias/2017/06/16/fundos-regionais-de-financiamento-voltam-a-incluir-projetos-do-setor-energetico/


Voltar

Jornal do BrasilQuarta-feira, 25 de Abril de 2018 Fundado em 1891Capa Notícias País 1968 - Brasil Artigo Editorial RioEconomia Balcão de Emprego » Informe CNC Negócios e Marketing Internacional 1968 - Mundo EsportesCiência e TecnologiaCulturaColunistasHildegard Angel Coisas da Política - Tereza Cruvinel Futebol & Cia. - Renato Mauricio Prado Informe JB - Jan Theophilo Mirante do Rio - Eduarda La Rocque O Outro Lado da Moeda - Renê Garcia Jr. Tom Leão - Fotos e VídeosJBlogs Economia 16/06/2017 às 17h23 - Atualizada em 16/06/2017 às 17h24Fundos regionais de financiamento voltam a incluir projetos do setor energéticoJornal do Brasil Tamanho do Texto:+A-AImprimirPublicidadeOs fundos constitucionais e de Desenvolvimento do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, administrados pelo Ministério da Integração Nacional, estão retomando os investimentos em projetos de geração, transmissão e distribuição de energia.O aporte de recursos para esta finalidade estava bloqueado desde 2012. A medida deverá estimular novos empreendimentos no setor, que, em maio, registrou crescimento de 0,7% no consumo e geração de energia no país, segundo dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).O ministério pretende ampliar as contratações para o setor energético, com taxas e prazos mais atrativos em relação ao mercado. De acordo com a pasta, a expectativa se comprova no Nordeste, onde, desde setembro do ano passado, tornou-se possível financiar com recursos do Fundo de Desenvolvimento da região (FDNE) projetos de geração de energia por fontes renováveis.JurosOs encargos e bonificações definidos pelo governo federal para os fundos regionais são estímulos a mais para investimentos em setores diversos. Os fundos constitucionais do Norte (FNO), Nordeste (FNE) e Centro-Oeste (FCO) dispõem de taxas diferenciadas conforme o segmento e local onde será aplicado o recurso, além de bônus adicional por adimplência nos pagamentos das parcelas. Os juros aprovados para o Norte e Nordeste variam de 8,55% ao ano (7,27% com bônus) a 15,23% (12,94% com bônus), dependendo do porte do empreendimento e da finalidade do crédito. Já a região Centro-Oeste está operando com juros que variam de 9,5% ao ano (8,08% com bônus) a 16,9% ao ano (14,37% com bônus).Para os Fundos de Desenvolvimento - FDNE, FDCO (Centro-Oeste) e FDA (Amazônia) -, as taxas definidas variam de acordo com a prioridade do setor para estimular o desenvolvimento de cada região. Os juros para empréstimos no Nordeste e na Amazônia vão de 7,35% ao ano a 8,6%. Para o Centro-Oeste, os encargos são de 8% a 9,5%.Operações de investimentos também têm condições facilitadas. De 12 consultas aprovadas nesse período, 11 empreendimentos são direcionados a essas atividades e já estão aptos a buscar crédito em instituições financeiras federais.Como resultado as solicitações de crédito cresceram 354,6% no primeiro trimestre deste ano. Do total de 12 consultas aprovadas nesse período, 11 empreendimentos são direcionados a estas atividades e já estão aptos a buscar crédito junto a instituições financeiras federais.Tags: eletrico, financiamento, fundos, integração, regionais, setorCompartilhe:TweetPublicidadePublicidade+ Lidas em Economia1.WhatsApp proíbe uso por menores de 16 anos na União Europeia2.Pagamento de mais R$ 100 bi ao Tesouro pelo BNDES está mantido, diz Mansueto3.Com antecipação de precatórios, Governo Central tem déficit recorde4.Santander lucra 27% no país5.Mansueto: não se espera volume alto de receita extraordinária no fim de 20186.Aumento de produção em campo maduro pode reduzir alíquota de royalty a 5%7.Mansueto não vê motivo para postergar precatórios8.Insuficiência para regra de ouro fica em R$ 28,3 bilhões em 12 meses9.Sobrevivência de companhia é o mais importante, diz Santander sobre Odebrecht10.CNI: confiança do brasileiro é insuficiente para reativar consumoPublicidade+ JBlogsConexão FrancesaFusion N’ Rol
... ++ Mais

TAGS:

Jornal BrasilQuarta-feira Abril 2018 Fundado 1891Capa Notícias País 1968 Brasil Artigo Editorial RioEconomia Balcão Emprego Informe Negócios Marketing Internacional 1968 Mundo EsportesCiência TecnologiaCulturaColunistasHildegard Angel Coisas Política Tereza Cruvinel Futebol Cia. Renato Mauricio Prado Informe Theophilo Mirante