BAIRROS

Qual seu Bairro? Estado: Cidade:

CONHEÇA O GOOGLE SUÍTE - GSUITE, UM NOVO MUNDO PARA SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI!

Eletrosul E Rnp Firmam Parceria Para Compartilhamento De Infraestrutura De Telecomunicacoes No Sul E Centro Oeste - - Cidade - Estado


Fonte: http://www.acritica.net/editorias/economia/eletrosul-e-rnp-firmam-parceria-para-compartilhamento-de/280297/


Voltar

MenuÚltimasRÁDIOSMarabá FM 93,9Band FM 104,7Montana FM 89,9Nova FM 99,1Serra FM 106,5Serrana FM 88,7Corumbá FM 98,9Band FM 88,522 de junho de 2018 a críticaGrupo Feitosa de Comunicação(67) 99974-5440(67) 3317-7890MenuÚltimas NotíciasEditoriasGeralPolíticaEconomiaAgropecuáriaPolíciaEsportesCulturaAutomóveisSaúdeEntretenimentoColunistasVídeosJornal Impresso+ MaisOpiniões dos LeitoresGaleria de FotosGrupo FeitosaSobre A CríticaExpedienteMidia KitFale Conosco ELETROSUL E RNPEletrosul e RNP firmam parceria para compartilhamento de infraestrutura de telecomunicações no Sul e Centro-OesteAcordo amplia capacidade da rede acadêmica com internet de alta velocidade para 70 cidades no Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul 9 março 2018 - 17h53Da Redação No total, serão 5.280 Km de fibra óptica ativadas nas fases I, II e III do projeto - Foto: Eletrosul A Eletrosul e a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) firmaram um acordo de cooperação técnica para compartilhamento de infraestrutura de telecomunicações. A parceria vai permitir à RNP utilizar o sistema de fibra óptica da Eletrosul para ampliar a capacidade da rede acadêmica que leva internet de alta velocidade a instituições de ensino e pesquisa no Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e no Mato Grosso do Sul. A cerimônia de assinatura do convênio foi realizada na sede da Eletrosul em Florianópolis (SC), nesta sexta-feira (09).  O acordo com a RNP tem vigência de 20 anos e os investimentos superam R$ 30 milhões em três fases até 2020, tanto na ativação da rede com tecnologia DWDM de 100 Gb/s de pares de fibra óptica da Eletrosul, quanto na expansão da infraestrutura de sistemas de energia. No total, serão 5.280 Km de fibra óptica ativadas nas fases I, II e III do projeto. A iniciativa tem potencial de atendimento de aproximadamente 70 cidades e pelo menos 53 campi de instituições poderão ser conectados a uma velocidade de 100 Gb/s nas regiões Sul e Centro-Oeste. Também serão viabilizadas conexões fronteiriças internacionais de alta velocidade com Paraguai, Argentina e Uruguai.  “A parceria com a Eletrosul consolida, nos três estados do Sul e no Mato Grosso do Sul, o projeto de dar escalabilidade em 100 Gb/s aobackbone da RNP nas diversas regiões do País, conforme nossos objetivos estratégicos. Isso permite que pesquisadores sejam atendidos com serviços de alta capacidade e qualidade, tanto nos grandes centros como também em cidades do interior”, explica Eduardo Grizendi, diretor de Engenharia e Operações da RNP.  Em contrapartida, a Eletrosul contará com uma rede de telecomunicações para supervisão e controle de seus sistemas de transmissão de energia elétrica, atualizada tecnologicamente para 100 Gb/s, moderna e facilmente escalável, e que também propiciará mais qualidade no atendimento das demandas de suas unidades operacionais e administrativas. “Essa parceria com a RNP proporcionará a modernização e a atualização da rede de telecomunicações da Eletrosul, além da ampliação da capacidade de conexão e da melhoria da eficiência operacional. Do ponto de vista social, representa um aumento substancial na qualidade e na velocidade do acesso da rede acadêmica, incluindo centros de pesquisa, faculdades, institutos superiores, hospitais de ensino e centros de educação tecnológica, no Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina e no Mato Grosso do Sul”, destaca o diretor de Operação da Eletrosul, Rogério Bonini Ruiz.    RNP: qualificada como uma Organização Social (OS), a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) é vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC) e mantida por esse em conjunto com os ministérios da Educação (MEC), Cultura (MinC), Saúde (MS) e Defesa (MD), que participam do Programa Interministerial RNP (PI-RNP). Pioneira no acesso à internet no Brasil, a RNP planeja, opera e mantém a rede Ipê, infraestrutura óptica nacional acadêmica de alto desempenho. Com Pontos de Presença em 27 unidades da federação, a rede conecta 1.197 campi e unidades nas capitais e no interior. São mais de 4 milhões de usuários, usufruindo de uma infraestrutura de redes avançadas para comunicação, computação e experimentação, que contribui para a integração dos sistemas de Ciência e Tecnologia, Educação Superior, Saúde, Cultura e Defesa. Eletrosul: subsidiária da Eletrobras, a empresa de energia atua nas áreas de geração, transmissão, comercialização, e ainda em telecomunicações. Investe fortemente em pesquisa e desenvolvimento para fomentar o uso de fontes alternativas de energia e diversificar a matriz energética brasileira. Com sede em Florianópolis (SC), a Eletrosul possui empreendimentos nos três estados da Região Sul, além do Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará e Rondônia. O sistema de transmissão próprio é constituído por 44 subestações e uma conversora de frequência. Possui capacidade total de transformação superior a 25 mil MVA, além de aproximadamente 11 mil km de linhas de transmissão. Também
... ++ Mais

TAGS:

MenuÚltimasRÁDIOSMarabá 939Band 1047Montana 899Nova 991Serra 1065Serrana 887Corumbá 989Band 88522 junho 2018 críticaGrupo Feitosa Comunicação(67) 99974-5440(67) 3317-7890MenuÚltimas NotíciasEditoriasGeralPolíticaEconomiaAgropecuáriaPolíciaEsportesCulturaAutomóveisSaúdeEntretenimentoColunistasVídeosJornal Impresso+ MaisOpiniões LeitoresGaleria FotosGrupo FeitosaSobre CríticaExpedienteMidia KitFale Conosco ELETROSUL RNPEletrosul firmam parceria para compartilhamento infraestrutura telecomunicações Centro-OesteAcordo amplia capacidade rede acadêmica internet alta velocidade para cidades Mato Grosso Paraná Santa Catarina Grande março 2018 17h53Da Redação total serão 5.280 fibra óptica ativadas fases projeto Foto: Eletrosul Eletrosul Rede Nacional Ensino Pesquisa (RNP) firmaram acordo cooperação técnica para compartilhamento infraestrutura telecomunicações. parceria permitir utilizar sistema fibra óptica Eletrosul para ampliar capacidade rede acadêmica leva internet alta velocidade instituições ensino pesquisa Paraná Santa Catarina Grande Mato Grosso Sul. cerimônia assinatura convênio realizada sede Eletrosul Florianópolis (SC) nesta sexta-feira (09).  acordo vigência anos investimentos superam milhões três fases até 2020 tanto ativação rede tecnologia DWDM Gb/s pares fibra óptica Eletrosul quanto expansão infraestrutura sistemas energia. total serão 5.280 fibra óptica ativadas fases projeto. iniciativa potencial atendimento aproximadamente cidades pelo menos campi instituições poderão conectados velocidade Gb/s