BAIRROS

Qual seu Bairro? Estado: Cidade:

CONHEÇA O GOOGLE SUÍTE - GSUITE, UM NOVO MUNDO PARA SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI!

Coreia Do Norte Reduz Tensao Com Coreia Do Sul Apos Visita De Delegacao - - Cidade - Estado


Fonte: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/reuters/2018/02/13/coreia-do-norte-reduz-tensao-com-coreia-do-sul-apos-visita-de-delegacao.htm


Voltar

Assine 0800 703 3000 / SAC Bate-papo Notícias Esporte Entrete Universa Famosos TV UOL BOL PagSeguro UOL Notícias Últimas Notícias Fotos Vídeos Infográficos Blogs e colunas Ciência e Saúde Economia Página principal Cotações Finanças Pessoais Empreendedorismo Empregos e Carreiras Imposto de Renda Líderes Inter Jornais Política Eleições 2018 UOL Confere Tecnologia Loterias + Canais Carros Educação Vestibular Previsão do Tempo Coreia do Norte reduz tensão com Coreia do Sul após visita de delegação Christine Kim Em Seul 13/02/201810h08 Por Christine Kim Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, cumprimenta Kim Yo-jong, irmã do líder norte-coreano Kim Jong-un, em encontro no sábado (10) Por Christine Kim SEUL (Reuters) - O líder da Coreia do Norte disse que quer melhorar ainda mais o "clima acolhedor de reconciliação e diálogo" com a Coreia do Sul depois que sua delegação de alto nível voltou de uma visita ao vizinho do sul, enquanto seus inimigos reiteraram a necessidade de manter o máximo de pressão e de sanções. Kim Jong Un deu instruções para medidas que visam um engajamento intercoreano maior desde que sua irmã caçula, Kim Yo Jong, liderou uma visita de três dias à Olimpíada de Inverno de Pyeongchang, noticiou a mídia estatal norte-coreana nesta terça-feira, sem especificar quais foram as instruções. Os Estados Unidos pareceram endossar um engajamento mais profundo entre as duas Coreias após os Jogos, o que pode levar a conversas entre Pyongyang e Washington. Ainda nesta terça-feira o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, disse que os EUA estão abertos a conversar com a Coreia do Norte, segundo informou seu porta-voz em um boletim. "Os Estados Unidos veem o diálogo intercoreano sob uma luz positiva e expressaram sua abertura para conversas com o Norte", disse Moon ao presidente da Letônia, Raimonds Vējonis, de acordo com o porta-voz. Autoridades dos EUA também querem que sanções internacionais rigorosas sejam intensificadas para forçar Pyongyang a desistir de seu programa nuclear. Este sentimento foi ecoado pelo primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, nesta terça-feira, quando ele disse que Moon concordou ser necessário manter pressão máxima sobre a Coreia do Norte. No ano passado o país recluso realizou dezenas de lançamentos de mísseis e seu maior teste nuclear, desafiando resoluções do Conselho de Segurança da ONU, com o intento de desenvolver um míssil com ogiva nuclear capaz de atingir os EUA. Autoridades japonesas se empenharam em enfatizar que não existem diferenças entre Japão, EUA e Coreia do Sul quanto à sua abordagem para lidar com os norte-coreanos. (Reportagem adicional de Linda Sieg e Tim Kelly em Tóquio e James Pearson em Pyeongchang, Coreia do Sul) Receba notícias do UOL. É grátis! Facebook Messenger As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger Começar agora Newsletter UOL Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto! Veja também Kim Jong-un recebe irmã como heroína e reforça aproximação com Coreia do Sul Após retorno da irmã, Kim Jong-un diz que Coreia do Sul é 'muito impressionante' Chefe do COI planeja visitar a Coreia do Norte após Olimpíada de Inverno Vice de Trump levanta perspectiva de negociação com a Coreia do Norte Membro do Comitê Olímpico sugere time conjunto das Coreias ao Nobel da Paz Comunicar erro Imprimir Diretor de redação da Folha de S.Paulo Morre Otavio Frias Filho aos 61 anos, em São Paulo Número pode ser maior Candidaturas de militares crescem 11% em quatro anos, segundo TSE Chove, mas continua seco Imagens inéditas de satélite revelam estiagem na maioria do Nordeste Evita filas Brasileiro cria startup para reservar compra de maconha no Uruguai Informe publicitário Como lidar com um hater Você não precisa aguentar gente chata na internet Você Manda Envie fotos, vídeos e relatos para o WhatsApp do UOL Notícias Você viu? MPF: comitê da ONU se precipitou ao recomendar Lula na eleição Fornecedor do PCC fez depósitos para empresa suspeita de pagar propina Juiz que manteve Lula preso trata vice de Bolsonaro como amigo Ciência explica por que alguns alimentos, como jiló, são intragáveis Especiais Quem são os jovens que se filiaram após a Lava Jato 'Farra das multas' é mentira: elas não ficarão mais caras Ser 'diferente' era ameaça à segurança nacional Refrigerante remove ferrugem ou gordura? Cientista testou 'Ser mãe escraviza': prostituta defende direito de abortar Mais lidas do dia Não há evidências de que Lula tenha fortuna em Luxemburgo Ibope: Lula tem 37% e Bolsonaro, 18%; sem o petista, militar vai a 20% Lula tem 37,3% e Bolsonaro, 18,8%, diz pesquisa CNT/MDA O que é o pó de macaco, a super droga que alertou a polícia britânica Em evento, juiz que manteve Lula preso trata como amigo vice de Bolsonaro Comunicar erro Erratas Fale com o UOL Notícias UOL Cursos Online Todos os cursos Enfermagem Seja Referência no Mercado. Saiba Mais! Enfermagem Auditoria em Serviços de Saúde Saiba Mais! Enfermagem Home Care: Cuidad
... ++ Mais

TAGS:

Assine 0800 3000 Bate-papo Notícias Esporte Entrete Universa Famosos PagSeguro Notícias Últimas Notícias Fotos Vídeos Infográficos Blogs colunas Ciência Saúde Economia Página principal Cotações Finanças Pessoais Empreendedorismo Empregos Carreiras Imposto Renda Líderes Inter Jornais Política Eleições 2018 Confere Tecnologia Loterias Canais Carros Educação Vestibular Previsão Tempo Coreia Norte reduz tensão Coreia após visita delegação Christine Seul 13/02/201810h08 Christine Presidente Coreia Moon Jae-in cumprimenta Yo-jong irmã líder norte-coreano Jong-un encontro sábado (10) Christine SEUL (Reuters) líder Coreia Norte disse quer melhorar ainda mais "clima acolhedor reconciliação diálogo" Coreia depois delegação alto nível voltou visita vizinho enquanto seus inimigos reiteraram necessidade manter máximo pressão sanções. Jong instruções para medidas visam engajamento intercoreano maior desde irmã caçula Jong liderou visita três dias Olimpíada Inverno Pyeongchang noticiou mídia estatal norte-coreana nesta terça-feira especificar quais foram instruções. Estados Unidos pareceram endossar engajamento mais profundo entre duas Coreias após Jogos pode levar conversas entre Pyongyang Washington. Ainda nesta terça-feira presidente sul-coreano Moon Jae-in disse estão abertos conversar Coreia Norte segundo informou porta-voz boletim. Estados Unidos veem diálogo intercoreano positiva expressaram abertura para conver