BAIRROS

Qual seu Bairro? Estado: Cidade:

CONHEÇA O GOOGLE SUÍTE - GSUITE, UM NOVO MUNDO PARA SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI!

Brasil Faz Um De Seus Carnavais Mais Politizados - - Cidade - Estado


Fonte: https://www.terra.com.br/diversao/carnaval/brasil-faz-um-de-seus-carnavais-mais-politizados,155e35d7fc7282660b9444521a595f84z1h8ffnb.html


Voltar

Ir ao conteúdo Goool! IND Independiente 0 (0) X (0) 0 SAN Santos Libertadores - 21h45 1 evento ao vivo Foto: Alessandro Buzas / Futura Press Carnaval Carnaval Brasil faz um de seus carnavais mais politizados Celebrações em todo o país ridicularizaram líderes políticos locais e mundiais, se voltaram contra violência, corrupção e intolerância. 13 fev 2018 14h34 atualizado às 15h35 comentários Com um desfile chocante da Beija-Flor, o Brasil encerrou na madrugada desta terça-feira (13/02) um Carnaval fortemente marcado por críticas e reivindicações, num levante simbólico contra males como a violência e a corrupção, sem esquecer a intolerância e a discriminação. As celebrações do Carnaval em todo o país ridicularizaram líderes locais e mundiais, pediram tolerância e desafiaram limites. A festa foi aproveitada por muitos brasileiros para fazer críticas num momento de intensa insatisfação com a classe política e temores de problemas econômicos como consequência da recessão. Beija-Flor fez críticas ao "Brasil monstruoso" e sua violência e corrupção Foto: DW / Deutsche Welle Um dos maiores destaques da festa politizada deste ano no Sambódromo do Rio de Janeiro foi o desfile da Paraíso do Tuiuti, cuja comissão de frente recebeu o Estandarte de Ouro do jornal O Globo, considerado a segunda premiação mais importante do Carnaval carioca. A escola da zona central do Rio, que questionou se a escravidão realmente acabou no Brasil, satirizou o presidente Michel Temer e suas reformas neoliberais, especialmente a reforma trabalhista e sugestões de redefinição do trabalho escravo, com um destaque chamado de "Vampiro do Neoliberalismo", no carro alegórico que representava um navio negreiro dos dias atuais. O enredo "Meu deus, meu deus, está extinta a escravidão?", lembrou os 130 anos da Lei Áurea e falou do trabalho precário. Destaque contra a intolerância As críticas implacáveis do Carnaval foram dirigidas a políticos e empresários corruptos, pregadores de todas as religiões e incorporaram também denúncias contra a discriminação. Em homenagem à comunidade LGBT, a Beija-Flor convidou para o seu desfile na segunda duas estrelas da contracultura brasileira do momento, a cantora drag queen Pabllo Vittar e a revelação do funk Jojó Toddynho. Elas foram destaques em um carro alegóri
... ++ Mais

TAGS:

conteúdo Goool! Independiente Santos Libertadores 21h45 evento vivo Foto: Alessandro Buzas Futura Press Carnaval Carnaval Brasil seus carnavais mais politizados Celebrações todo país ridicularizaram líderes políticos locais mundiais voltaram contra violência corrupção intolerância.