BAIRROS

Qual seu Bairro? Estado: Cidade:

CONHEÇA O GOOGLE SUÍTE - GSUITE, UM NOVO MUNDO PARA SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI!

Brasil E 11 Paises Formam Grupo Da Oea Sobre Conflito Na Nicaragua - - Cidade - Estado


Fonte: https://veja.abril.com.br/mundo/brasil-e-11-paises-formam-grupo-da-oea-sobre-conflito-na-nicaragua/


Voltar

account_circle Acesse sua conta Assine trending_up Trending Palavras cruzadas Eleições 2018 Pesquisas Eleitorais Debates Newsletter Revista Revista VEJA Assine a newsletter Brasil Ciência Economia Educação Entretenimento Esporte Mundo Placar Política Saúde Tecnologia Comer & Beber TVEJA Blogs Últimas Notícias Livros mais vendidos Amarelas.com Primeira Pessoa Página Aberta Especiais Galeria de Fotos Acervo Digital App Revista VEJA digital Expediente Anuncie Abril.com Grupo Abril Abril SAC Clube do Assinante GoRead Fale conosco Política de privacidade Termos de uso Facebook VEJA Twitter VEJA G+ VEJA Youtube VEJA Instagram VEJA menu Group 21 Copy 4 Created with Sketch. Assine search trending_up Palavras cruzadas Eleições 2018 Pesquisas Eleitorais Debates Newsletter Revista Mais vistas Política com Ciência1Ao sinalizar para o centro, Haddad aumenta suas chances Entretenimento2A discórdia que envolveu Ewbank, Thiago Gagliasso, Marquezine e Gil Cebola Política3Na Câmara, Eduardo Bolsonaro falou em 'ditadura' do STF e citou 'ruptura' Política4Bolsonaro perde de Haddad por 45% a 39% no 2º turno, diz Datafolha 46m40s play_circle_outline Política5Major Olímpio admite falhas do PSL com fake news e pede 'reavaliação' Política6Com negativa de Bolsonaro, TV Globo cancela debate Mundo Brasil e 11 países formam grupo da OEA sobre conflito na Nicarágua Denis Moncada, chanceler nicaraguense rechaça visita do novo grupo a seu país e acusa organização de ingerência em assuntos internos Por Da Redação access_time 10 ago 2018, 07h32 - Publicado em 9 ago 2018, 21h55 chat_bubble_outline more_horiz Manifestantes ficam atrás de barricada durante protesto contra o presidente da Nicarágua Daniel Ortega em Managua - 30/05/2018 (Oswaldo Rivas/Reuters) O Brasil e 11 países da Organização de Estados Americanos (OEA) integram grupo de trabalho para a Nicarágua, que a partir desta quinta (9) deverá promover o debate entre o governo e a oposição no país e encontrar soluções para os mais sangrentos conflitos no país desde os anos 1980. A Nicarágua vive uma violenta crise política desde 18 de abril, quando protestos contra a reforma na Previdência foram duramente reprimidos. Os movimentos passaram a pedir a renúncia do presidente do país, Daniel Ortega. Nos confrontos, 317 pessoas morreram, de acordo com a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH). O governo de Ortega reconhece  197 mortes, enquanto outras organizações humanitárias contabilizam 448 vítimas. Veja tambémMundoRepressão na Nicarágua causou 317 mortes desde abrilquery_builder 2 ago 2018 - 18h08MundoEUA culpam Ortega e sua mulher, Rosario, por violência na Nicaráguaquery_builder 30 jul 2018 - 17h07MundoPreso na Nicarágua suspeito de matar estudante brasileiraquery_builder 27 jul 2018 - 18h07 A criação do grupo de trabalho foi aprovada no último dia 2, com a aprovação de uma resolução mediante uma resolução por 20 dos 34 países da OEA. Em sessão do Conselho Permanente da OEA, a presidente da instituição, Rita María Hernández, embaixadora da Costa Rica, confirmou a composição do grupo de trabalho por Brasil, Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Estados Unidos, Guiana, México, Panamá e Peru. Durante a sessão, o ministro das Relações Exteriores da Nicarágua, Denis Moncada, reiterou sua oposição a uma visitar do grupo de trabalho a seu país e acusou a OEA de interferir em assuntos internos. Moncada disse que a visita não ocorrerá sem o consentimento do presidente nicaraguense, Daniel Ortega. “A Nicarágua rejeita e condena esta ação desrespeitosa de um grupo de países deste Conselho ao tentar constituir-se em uma autoridade estrangeira, interferindo nos assuntos internos que competem exclusivamente aos nicaraguenses”, ressaltou Moncada. Outra missão do grupo de trabalho será respaldar o diálogo nacional na Nicarágua, que começou em maio, com a mediação da Igreja Católica, e não progrediu. A Igreja propôs a antecipação das eleições presidenciais em dois anos, para 2019. O cardeal nicaraguense Leopoldo Br
... ++ Mais

TAGS:

account_circle Acesse conta Assine trending_up Trending Palavras cruzadas Eleições 2018 Pesquisas Eleitorais Debates Newsletter Revista Revista VEJA Assine newsletter Brasil Ciência Economia Educação Entretenimento Esporte Mundo Placar Política Saúde Tecnologia Comer Beber TVEJA Blogs Últimas Notícias Livros mais vendidos Amarelas.com Primeira Pessoa Página Aberta Especiais Galeria Fotos Acervo Digital Revista VEJA digital Expediente Anuncie Abril.com Grupo Abril Abril Clube Assinante GoRead Fale conosco Política privacidade Termos Facebook VEJA Twitter VEJA VEJA Youtube VEJA Instagram VEJA menu Group Copy Created with Sketch. Assine search trending_up Palavras cruzadas Eleições 2018 Pesquisas Eleitorais Debates Newsletter Revista Mais vistas Política Ciência1Ao sinalizar para centro Haddad aumenta suas chances Entretenimento2A discórdia envolveu Ewbank