BAIRROS

Qual seu Bairro? Estado: Cidade:

CONHEÇA O GOOGLE SUÍTE - GSUITE, UM NOVO MUNDO PARA SUA EMPRESA - CLIQUE AQUI!

Bens De Eike Batista Serao Usados Para Pagar Credores Da Mmx Sudeste - - Cidade - Estado


Fonte: https://oglobo.globo.com/economia/bens-de-eike-batista-serao-usados-para-pagar-credores-da-mmx-sudeste-21817064


Voltar

Home menu Home Rio Ancelmo.com Gente boa Carnaval Bairros Design Rio Eu-repórter Trânsito Brasil Lauro Jardim Elio Gaspari Merval Pereira José Casado Poder em jogo BERNARDO MELLO FRANCO Mundo Adriana Carranca Economia Miriam Leitão Lauro Jardim Defesa do Consumidor Previdência e trabalho Indicadores Carros Sociedade Conte algo que não sei Educação História Religião Sexo Sustentabilidade Tecnologia Ciência Saúde Cultura Patrícia Kogut Rio Show Filmes Música Teatro e Dança Artes visuais Livros Ela Moda Beleza Gente Gastronomia Horóscopo Decoração Esportes Botafogo Flamengo Fluminense Vasco Panorama Esportivo Radicais Pulso TV Patrícia Kogut Viagem Mais + Opinião Blogs Vídeos Fotos Previsão do tempo Infográficos Eu-repórter Facebook Twitter Google+ MemoriaAcervoElaPatrícia KogutRio ShowExtraClassificadosClube Sou + Rio Economia Compartilhar Recomendar Tweet 0 Google+ Buscar Buscar no site do Globo Economia Ir para a página Miriam Leitão Lauro Jardim Defesa do Consumidor Previdência e trabalho Indicadores Carros Assuntos em Destaque Após reforma trabalhista, sindicatos tentam driblar fim da contribuição Tempo médio de desemprego é de um ano e dois meses no Brasil Em 2016, tempo era de 12 meses Venezuela inicia a pré-venda da moeda virtual Petro O que vem por aí 'Brasil saiu da crise e vai bem', diz Henrique Meirelles em entrevista ANÁLISE: Governo jogou pacote velho no lugar da reforma da Previdência Tópicos Reforma trabalhista Marcas dos Cariocas 2017 Previdência Educação Financeira Emprego na crise Ciclos Empresariais Notícias CNC | Sesc | Senac Publicidade Em destaque Após reforma trabalhista, sindicatos tentam driblar fim da... Tempo médio de desemprego é de um ano e dois meses no... Venezuela inicia a pré-venda da moeda virtual Petro O que vem por aí ANÁLISE: Governo jogou pacote velho no lugar da reforma da... Bens de Eike Batista serão usados para pagar credores da MMX Sudeste Decisão da Justiça de Minas Gerais tem como objetivo cobrir prejuízos da mineradora por O Globo 13/09/2017 15:04 / Atualizado 13/09/2017 15:33 Publicidade O empresário Eike Batista - Márcia Foletto / O Globo RIO - O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) determinou que os bens pessoais de Eike Batista, criador do Grupo “X”, sejam usados para cobrir prejuízos causados a credores da MMX Sudeste, braço da mineradora criada pelo empresário e em recuperação judicial. A decisão, anunciada nesta quarta-feira, foi tomada após o TJ-MG ter determinado o bloqueio judicial de R$ 792 milhões do empresário e das empresas societárias da MMXSudeste. Veja tambémEike também é alvo da Justiça e da PF Petroleira fundada por Eike Batista sai da recuperação judicialAções de empresas X caem após prisão de Eike BatistaMineradora de Eike Batista pede recuperação judicialO advogado Bernardo Bicalho, administrador judicial do processo da MMX Sudeste, explicou que durante o julgamento na Justiça mineira, a defesa da empresa solicitou que os antigos gestores, incluindo Eike, permanecessem como administradores da mineradora e dessem sequência ao plano de recuperação judicial. O fundador do Grupo “X” e os contralodores da MMX, contudo, declararam no pedido de recuperação da empresa um passivo aproximado de R$ 400 milhões. Depois de analisar divergências apresentadas por credores à Justiça, porém, foi constatada uma dívida de aproximadamente R$ 1 bilhão. Segundo Bicalho, um dos credores, sozinho, apresentou documentos que comprovam crédito de R$ 230 milhões. “Além disso, durante três anos, foram solicitados inúmeros documentos para a empresa, que ora não os apresentava ou fazia de forma incompleta com o objetivo de postergar o andamento da matéria no Judiciário”, diz em nota o administrador judicial. Na decisão da 6ª Câmara Cível do TJ-MG, o desembargador Edilson Fernandes destacou o ineditismo da decisão e disse que “diante dos indícios de haver uso fraudulento em benefício dos próprios controladores é imperiosa a manutenção da desconsideração da personalidade jurídica e a legitimidade do administrador judicial como gestor judicial da companhia”. Publicidade Anterior Na véspera da prisão de Wesley Batista, J&F entrou com pedido de arbitragem contra BNDES Próxima Demora na entrega do iPhone X pode prejudicar a Apple no período do Natal Newsletter As principais notícias do dia no seu e-mail. Receber Já recebe a newsletter diária? Veja mais opções. Digite as letras da imagem: Receber TROCAR IMAGEM Quase pronto... Acesse sua caixa de e-mail e confirme sua inscrição para começar a receber nossa newsletter. Ocorreu um erro.Tente novamente mais tarde. Email inválido. {{mensagemErro}} Últimas de Economia Tempo médio de desemprego é de um ano e dois meses no Brasil 20/02/2018 10:36 Venezuela inicia a pré-venda da moeda virtual Petro 20/02/2018 10:11 Após reforma trabalhista, sindicatos tentam driblar fim da contribuição 20/02/2018 4:30 Exclusivo para assinantes O que vem por aí 20/02/2018 4:30 Exclusivo para assinantes Especial Publicitário Prev Next Em destaque agora no Globo Rio Com o decreto de intervenção, Rio vive um vácuo de poder Exclusivo para assinantes Rio Decreto é aprovado: 9 deputados do Rio votaram contra Rio Análise: Mandado coletivo foi usado para prender Elias Maluco Exclusivo para assinantes Opinião Intervenção é oportunidade para sanear instituições Trabalho de depuração é fundamental para que ações coorde
... ++ Mais

TAGS:

Home menu Home Ancelmo.com Gente Carnaval Bairros Design Eu-repórter Trânsito Brasil Lauro Jardim Elio Gaspari Merval Pereira José Casado Poder jogo BERNARDO MELLO FRANCO Mundo Adriana Carranca Economia Miriam Leitão Lauro Jardim Defesa Consumidor Previdência trabalho Indicadores Carros Sociedade Conte algo não Educação História Religião Sexo Sustentabilidade Tecnologia Ciência Saúde Cultura Patrícia Kogut Show Filmes Música Teatro Dança Artes visuais Livros Moda Beleza Gente Gastronomia Horóscopo Decoração Esportes Botafogo Flamengo Fluminense Vasco Panorama Esportivo Radicais Pulso Patrícia Kogut Viagem Mais Opinião Blogs Vídeos Fotos Previsão tempo Infográficos Eu-repórter Facebook Twitter Google+ MemoriaAcervoElaPatrícia KogutRio ShowExtraClassificadosClube Economia Compartilhar Recomendar Tweet Google+ Buscar Buscar site Globo Economia para página Miriam Leitão Lauro Jardim Defesa Consumidor Previdência trabalho Indicadores Carros Assuntos Destaque Após reforma trabalhista sindicatos tentam driblar contribuição Tempo médio desemprego dois meses Brasil 2016 tempo meses Venezuela inicia pré-venda moeda virtual Petro Brasil saiu crise Henrique Meirelles entrevista ANÁLISE: Governo jogou pacote velho lugar reforma Previdência Tópicos Reforma trabalhista Marcas Cariocas 2017 Previdência Educação Financeira Emprego crise Ciclos Empresariais Notícias Sesc Senac Publicidade destaque Após reforma trabalhista sindicatos tentam driblar da... Tempo médio desemprego dois meses no... Venezuela inicia